terça-feira, 30 de março de 2010

XXIII Congresso da ABMP



XXIII Congresso da ABMP
Associação Brasileira de Magistrados, Promotores de Justiça e Defensores Públicos da Infãncia e da Juventude



"Realizados a cada dois anos, os Congressos Nacionais da ABMP se configuram como um tradicional espaço de encontro dos atores dos Sistemas de Justiça e de Garantia dos Direitos de Crianças e Adolescentes. Na edição de 2010, o público é estimado em cerca de 2 mil pessoas, dentre magistrados, promotores de justiça, defensores públicos, conselheiros tutelares, conselheiros dos direitos, educadores, profissionais de programas de atendimento, gestores e políticos.

Em sua 23ª edição, o Congresso da ABMP assume uma perspectiva progressista. Este posicionamento se faz necessário porque apesar do avanço que representou para o Brasil a adesão à Convenção dos Direitos da Criança e a promulgação do Estatuto da Criança e do Adolescente, é imperativa uma maior sintonia com os mais recentes estudos sobre os princípios estatuídos na Convenção e com novas práticas e tendências no modo de se considerar os direitos desta parcela da população.

Por essa razão, a ABMP e seus parceiros entendem ser fundamental pensar o Congresso como um dispositivo de mudança e de transformação social, de modo que as intervenções teórico-práticas sejam pensadas como vetores de conhecimento que possam impactar a visão e o entendimento do modo como são e poderiam ser considerados os direitos de crianças e adolescentes."



Mais informações e inscrições no site:  http://www.eventoall.com.br/abmp/


O que acontece quando adolescentes em abrigos completam 18 anos?

Da Equipe do Portal Pró-Menino*

"A adolescência é uma fase da vida bastante delicada pra todo mundo. Se isso é verdade para adolescentes que moram com suas famílias imagine aqueles que moram em abrigos.  Para estes, existe um desafio especial: a obrigatoriedade de se desligarem da instituição ao completar 18 anos. É que o “abrigo” ou “acolhimento institucional”, como passou a ser chamada no ano passado, é uma medida protetiva prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente e que não deve valer para os maiores de 18.

Assim, é muito importante que esses adolescentes tenham autonomia e independência quando atingem a maioridade. Mas isso significa que eles devem ser preparados para a vida após o abrigo. Rodas de conversa, apoio psicológico, fortalecimento dos estudos, preparação para a vida profissional e inserção em programas de moradia em Repúblicas são algumas das atividades que os abrigos devem oferecer para apoiar o jovem a dar este importante passo que é o de conduzir sua vida de modo independente.

Entretanto, a diretriz mais importante nos programas que executam o acolhimento institucional é o da reinserção do adolescente, como da criança, na vida em família. A Nova Lei da Adoção, aprovada em 2009, veio dar uma força ainda maior para que a inclusão familiar seja priorizada: a partir de agora é obrigatório restringir a, no máximo, dois anos o tempo de abrigamento, incentivando-se a volta ao lar ou a adoção.

Durante o tempo de abrigamento, é importante que se faça um trabalho com as famílias para que elas possam criar estrutura para receber os meninos e meninas de volta. E aqui a nova lei tem uma abordagem bastante contemporânea, o moderno conceito de família extensa: ela considera que a família que pode acolher os meninos e meninas seja composta não só pelos seus pais e mães, mas também por seus avós, tios, madrinhas, primos, irmãos mais velhos, ou seja, todos aqueles com quem eles tenham vínculos de afinidade e intimidade.

Assim, o pessoal do abrigo deve estudar cada caso com a perspectiva de proporcionar esse retorno o mais rápido possível. A ideia principal é que crescer em uma instituição não é coisa boa para ninguém e deve acontecer apenas por um período de transição. Na época da Funabem, no período do Regime Militar (1964-1985), a institucionalização era prática corriqueira e algumas crianças passavam toda a infância e adolescência sem saber o que era a vida em família. O Estatuto, felizmente, rompeu radicalmente com esse modelo e hoje o acolhimento institucional é uma medida que, apesar de muito necessária em alguns momentos da vida familiar de crianças e adolescentes, já vem com prazo de validade." 
 
 
Para aprofundar ainda mais esse debate, vale conferir
- Nova Lei da Adoção (lei 12.010/2009)
- Plano Nacional de Convivência Familiar e Comunitária (documento construído pelo Conama) 


*artigo publicado na revista Viração (seção "De Olho no ECA" - março de 2010)
 
 
 
 
 
Extraído do portal: 
http://www.promenino.org.br/Ferramentas/DireitosdasCriancaseAdolescentes/tabid/77/Conteudo/ca7e0b4cf6f5-494b-b3c2-8963788b5a12/Default.aspx

CBAS Elitizado!





Boa tarde!

Há pouco me pergutaram porque eu não estava divulgando o XIIIº CBAS no Blog. 
Pois bem. Me recuso a divulgar um Congresso de SERVIÇO SOCIAL SE-GRE-GA-DOR! Sim! Pois, um Congresso que usa como um de seus textos de apresentação,

"O XIII CBAS coloca no centro da agenda o exercício profissional e os sujeitos políticos que hoje se inscrevem na sociedade brasileira, tendo em perspectiva a busca das mediações necessárias na articulação entre o projeto ético-político profissional e os projetos societários que preconizam a construção de uma nova ordem social, resistindo à dominação capitalista nas esferas econômica, social, política e cultural."

ter o valor da inscrição em torno de R$650,00... R$700,00 é um absurdo! É uma forma de excluir o profissional que tem o interesse em participar mas que está desempregado, por exemplo! É dizer para este "SUJEITO DE DIREITOS" que ganha pouco e que é arrimo de família que ele ele não tem o direito de participar do Congresso!

Profissionais ditos "marxistas" vem com um discurso (para mim inaceitável) que, em um futuro próximo (quando eu estiver com mais tempo), pretendo trazê-lo para debate. 

Ah! E não acaba por aí!

Mesmo achando os valores abomináveis, impregnada pela empolgação e o desejo de participar do evento, passei por cima de conceitos já predeterminados por mim, e, tentei fazer a inscrição, momento este de maior indignação, haja vista, o fato que para concluir a mesma é neccessário que se coloque o nome da empresa/instituição em que o profissional trabalha e o tipo - se pública ou privada. Ok! Eu, por exemplo, ainda não estou inserida em nenhum trabalho. E aí? Como fazer a inscrição? Liguei para o órgão que está organizando o evento e eis que tive a seguinte resposta: a pessoa que me atendeu sugeriu que eu inventasse qualquer nome de instituição ou empresa para concluir a inscrição.

Estão chocados? Também fiquei... 

Portanto,  não divulgarei o Congresso! 


quinta-feira, 25 de março de 2010

Filme: "O Lenhador" - Pedofilia no cinema

O Lenhador


Assunto que continua estampando jornais, é levado à sério, em longa produzido por Daniels.
Por: Mary Ellen Farias dos Santos

Em julho de 2005


"Pedofilia, um dos temas mais abordados na mídia, caso não fosse errado dizer, explorado pelos meios de comunicação, tratado muitas vezes de forma sensacionalista. Desde a pedofilia de padres, do astro pop Michael Jackson (fato não comprovado, o que lhe rendeu a absolvição deste crime), ou ainda, vizinhos, conhecidos ou até mesmo de parentes, é difícil saber identificar um pedófilo.

Pode-se dizer que este é um caso, que como por exemplo, as drogas, foge ao controle da sociedade. Como saber quando estamos diante de um pedófilo? Questão nada fácil de ser respondida, igualmente, pode-se dizer da pergunta estampada no cartaz de O Lenhador: Qual a pior coisa que você já fez?

A pedofilia, não é um assunto muito agradável de ser debatido (pelo menos para as pessoas que já vivenciaram este drama de perto), principalmente, pelo fato de deixar marcas fortes em quem sofre os abusos sexuais. É justamente, neste ponto que quero chegar. O Lenhador, de Nicole Kassell, sabe aprofundar-se no assunto, mostrando os lados dois lados, o pedófilo e a vítima, sem deixar o público cansado. Ao contrário, a sensação de inquietude e ansiedade aumenta a cada momento do longa. É com seriedade que a pedofilia é tratada.

A história é sobre Walter, interpretado brilhantemente por Kevin Bacon. Após ficar 12 anos preso por pedofilia, Walter, que molestava garotas de 10 a 12 anos, recebe soltura, mas em liberdade condicional. Com sorte, ele começa a organizar a vida em seu novo emprego. Em seu trabalho, conhece uma mulher (Kyra Sedwick), que conseqüentemente, torna-se sua namorada. Com emprego e namorada, ele tem a grande chance: refazer a sua vida.

Contudo, o único apartamento que consegue alugar fica a 100 metros de uma escola. Walter, acaba por acompanhar o movimento das crianças pelas redondezas, isto é, pela janela. Para vigiá-lo dia e noite, está um detetive durão (Mos Def). Seu trabalho é supervisionar a condicional de Walter, a cada visita, ele, mostra-se relutante para que Walter retorne à prisão. Aconselhado pelo detetive, Walter faz o seu diário. No entanto, certos movimentos na escola tornando-se repetidos e chamam a atenção do ex-presidiário. Quem será este homem?

Não bastasse a marcação cerrada sob Walter, os fantasmas de seu passado tornam-se cada vez mais vivos em sua mente. O interessante deste longa, é justamente estas cenas: as inserções dos momentos do passado, inclusas de forma tão sutis que confundem o público, o que prende a atenção cada vez mais, tentando diferenciar o que é real e o que é imaginário.

Afastado de todos, dos amigos e irmãos, ele encontra-se num dilema, principalmente, quando, na volta do trabalho, no ônibus, Walter, conhece uma garotinha que irá completar 12 anos em breve. É neste momento que há uma maior interação entre o público e o longa, pois não sabe-se o que irá acontecer, garantindo um grande momento de tensão. Não há como adivinhar o que acontecerá a seguir. A sensação de estar "pisando em ovos" fica durante todo o filme, isto é, nada é certo e muito menos seguro. Talvez esta seja o grande segredo do drama.
Por esse motivo, é válido lembrar o que o Washington Post publicou sobre O Lenhador: "A atuação de Bacon nos leva a acompanhar cada passo seu sem respirar". A produção de Lee Daniels, o mesmo de A Última Ceia, é mais do que impressionante e enriquecedora, é um alerta aos pais que muitas vezes não acompanham o crescimento e as emoções de seus filhos, deixando passar todas as suspeitas, deixando a eles as marcas de um passado problemático. Aproveito para protestar contra os cinemas que deixaram um filme tão bem dirigido e produzido, escapar dos olhos de grande parte do público, pois nem todos os cinemas colocaram o longa em cartaz. Será que o tema foi definido como muito forte ou foi medo de chocar? Por esse motivo, é importante conferir ao DVD ou ao VHS de O Lenhador, sim!

DVD: No menu interativo, a apresentação de O Lenhador é bastante atraente e precisa ao usuário, além de ter uma suave canção de fundo. Nos Extras, a seleção de capítulos segue o mesmo estilo da apresentação principal do menu, isto é, traz trechos do filme (em movimento), além de uma Filmografia de: Nicole, Kaseel, Kevin Bacon, Mos Def, Benjamin Bratt e Kyra Sedwick.

Outros atrativos do DVD estão na Galeria de Fotos e no Trailer. Para os usuários apressadinhos, que pulam os trailers e vão direto ao menu principal, em Novidades, estão os trailers dos próximos longas a estrearem na telona e em DVD da Imagem Filmes. Um aviso final, porém, não sem importância é que o filme é impróprio para menores de 16 anos, por conter cenas de violência e sexo (relação sexual e espancamento). As configurações do áudio do longa podem ser: inglês 2.0 e português 2.0; legendas: português, inglês e sem legendas."

Filme: O Lenhador (Ther Woodsman, EUA)
Ano: 2004
Gênero: Drama
Duração: 87 min
Direção: Nicole Kassell
Roteiro: Nicole Kassell e Steven Fechter
Distribuidora: Imagem Filmes
Elenco: Kevin Bacon, Kyra Sedwick, Mos Def, Benjamin Bratt, Eve, David Alan Grier, Michael Shannon




Informações extraídas do site: http://www.resenhando.com/set/s5805.htm

I Conferência Mundial sobre o Desenvolvimento de Sistemas Universais de Seguridade Social

I Conferência Mundial sobre o Desenvolvimento de Sistemas Universais de Seguridade Social

Local: Brasília - DF 

Data: 01/12/10 

Entidade Promotora: Governo do Brasil

Inscrições: http://conselho.saude.gov.br/confmundial.html

Custo: gratuito


=> Observações: A Conferência Mundial contará com 1300 participantes entre delegados, convidados e observadores, procedentes de diferentes países dos cinco continentes, representando governos e sociedade civil. 



Informações extraídas do site: http://www.assistentesocial.com.br/eventos.php

V CONASSS e VIII SIMPSSS

V CONASSS e VIII SIMPSSS - 7 a 9 de abril 2010
Local: São Paulo - SP
 
Data: 09/04/10
 
Tipo de Evento: Congresso e Simpósio
 
Entidades Promotoras: USP, UNESP e UNICAMP
 
=> Observações: Nesta década, em que se comemora o aniversário da implantação do Sistema Único de Saúde - SUS, os Assistentes Sociais da Universidade de São Paulo - USP, Universidade Estadual Paulista - UNESP e Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, convidam os colegas e demais profissionais da saúde, a participarem do V Congresso Nacional de Serviço Social em Saúde - V CONASSS e VIII Simpósio de Serviço Social em Saúde - VIII SIMPSSS, com o tema: “ Direito à saúde: 20 anos do Sistema Único de Saúde - SUS e a atuação do Assistente Social”. Este evento visa propiciar a reflexão crítica sobre a operacionalização e a construção desta política, fundamentada em alguns de seus princípios e diretrizes: Universalidade, Integralidade, Equidade, Participação da Sociedade e Descentralização. 
Objetiva também, analisar o trabalho do Assistente Social, face à Questão Social emergente na sociedade contemporânea brasileira e os sujeitos protagonistas das contradições no cotidiano. As demandas e respostas dadas nas diferentes instâncias da prática profissional, em articulação com demais políticas públicas, que complementam e dão suporte à Reforma Sanitária - Lei Federal nº. 8080/90, constituem o eixo fundamental deste Congresso Nacional. Nesta perspectiva, o evento representa um estímulo à valorização e divulgação da produção científica e de gestão político-administrativa. 

=> Para conferir a programação acesse: www.oxfordeventos.com.br/conass/programa.html 



Informações extraídas do site: http://www.assistentesocial.com.br/eventos.php

Curso de Extensão da Comissão de Educação - 2010

Curso de Extensão da Comissão de Educação - 2010 - Inscrições de 29 de março a 4 de abril


Local: Rio de Janeiro - RJ
 
Data: 04/04/10  

Tipo de Evento: Curso
 
Entidade Promotora: Cress   

Maiores Informações:  
 => Acompanhe mais detalhes sobre o curso no site: 

=> Observações: O Curso de Extensão da Comissão de Educação do Cress - 2010 abrirá as inscrições no período de 29 de março a 4 de abril. A seleção dos candidatos será dia 6 de abril e o resultado será dia 8 de abril. O curso terá início dia 17 de abril com aula do professor Gaudêncio Frigotto. 


Informações extraídas do site: http://www.assistentesocial.com.br/eventos.php

VII Congresso Brasileiro Direito e Teoria do Estado

III Seminário Internacional de Direitos Humanos
12 a 14 de maio de 2010
Faculdade Santo Agostinho - Campus II


OBJETIVOS:

Objetiva-se com o CONGRESSO BRASILEIRO DE DIREITO E TEORIA DO ESTADO e com o SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE DIREITOS HUMANOS fomentar o debate e a reflexão acerca dos novos delineamentos do Estado, da Constituição, da Política, do Desenvolvimento Social e dos Direitos Humanos, de modo a propiciar avanços na compreensão teórica e prática destes temas.
Para isso, foram convidados pesquisadores de destaque no Brasil e no exterior, que partilharão as suas reflexões e pesquisas.
Além das palestras e dos debates nelas suscitados, também haverá espaço para a apresentação de trabalhos científicos, aberto aos estudantes e profissionais. Com isso, possibilita-se a socialização e divulgação do conhecimento, além de incentivar a produção científica discente e docente.
A Coordenação Científica do evento fica a cargo do Prof. Dr. Elton Dias Xavier e do Prof. Me. Edson Pires da Fonseca.

PALESTRANTES

O congresso contará com a participação de reconhecidos conferencistas nacionais e internacionais, dentre eles:

Casimiro Manuel Marques Balsa (Universidade Nova de Lisboa/Portugal)
Eduardo Ramalho Rabenhorst (Universidade Federal da Paraíba)
Elton Dias Xavier (Unimontes e Faculdade de Direito Santo Agostinho)
Eugenio Pacelli de Oliveira (Ministério Público Federal)
Fernando Mussa Abujamra Aith (CEPEDISA e FIOCRUZ)
Luiz Alberto David Araújo (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo)
Manuel Becerra Ramírez (Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM)/México)
Pablo E. Slavin (Universidade Nacional de Mar del Plata/Argentina)
Ricardo Rabinovich-Berkman (Universidade de Buenos Aires/Argentina)
Richardson Xavier Brant (Unimontes e Faculdade de Direito Santo Agostinho)
Rubén Martínez Dalmau (Universidade Valência - Espanha)
Sandra Verônica Cureau (Ministério Público Federal)
Tatiana Ribeiro de Souza (Centro de Estudos Estratégicos Em Direito do Estado)
Wei Dan (Universidade de Macau/Macau/China)


Inscrições no site: http://www.congressodireito.com.br/


CQC - Proteste Já em Barueri

O programa CQC, da Band, exibiu nesta segunda-feira, 22, o quadro Proteste Já censurado na semana passada. No quadro, Danilo Gentili e Rafinha Bastos doam uma televisão para a Secretaria de Educação de Barueri, interior de São Paulo. Após rastrear o equipamento por 45 dias através de um sistema gps, eles descobrem que a televisão está na casa de uma secretária da escola. A partir daí, começa toda a confusão. O prefeito de Barueri, Rubens Furlan, se encarregou de complicar ainda mais no final.



Assistam aos vídeos e pasmem com a absurda "cara-de-pau"! 

CQC PROTESTE JÁ - 22/03/2010 PARTE 1/3: http://www.youtube.com/watch?v=TUgmkyJX06I
CQC PROTESTE JÁ - 22/03/2010 PARTE 2/3: http://www.youtube.com/watch?v=A2Sorxno1Ps
CQC PROTESTE JÁ - 22/03/2010 PARTE 3/3: http://www.youtube.com/watch?v=XAzeTN2Mw6c

quarta-feira, 24 de março de 2010

Livro: "Zoom" de Istvan Banyai


"Zoom" é um livro só de imagens que, pouco a pouco, vão dando uma visão mais ampla do mesmo contexto como se estivessemos a reduzir o zoom. É muito interessante ver a integração de uma parte da imagem num conjunto em que vai passando a ser cada vez menos importante à medida que fazemos o recuo do zoom.

Comunidade do Curso de Elaboração e Gestão de Projetos Sociais da PUC Caxias

Segue o link da comunidade do Curso de Elaboração e Gestão de Projetos Sociais da PUC Caxias, ministrado pelas Profªs Maria Cristina Salomão e Nilza Rogéria Estrada.


Participe mesmo que não seja aluno do curso. Vamos formar uma rede de contatos para socializarmos informações.

terça-feira, 23 de março de 2010

Participe do curso sobre o Sistema de Garantias de Direitos de Crianças e Adolescentes

Curso sobre o Sistema de Garantias de Direitos de Crianças e Adolescentes

Videoconferências serão abertas a todos os internautas, além de exibidas em 91 pontos no Estado de São Paulo, com participação mediante inscrição do Portal Pró-Menino.

Começa na próxima sexta-feira (26/03) o curso “Construção de Fundamentos”, especialmente voltado para atores do Sistema de Garantias dos Direitos da Criança e do Adolescente (SGDCA). Realizado por meio de videoconferências, é destinado a todos os interessados em aprofundar seus conhecimentos nessa área.

Com retransmissão ao vivo no Portal Pró-Menino, o curso será dividido em sete aulas de três horas cada, com intervalo de cerca de um mês entre elas. A primeira, realizada no dia 26, das 9h30 às 12h30, será ministrada por Irene Rizzini. Psicóloga com mestrado em Serviço Social pela Universidade de Chicago e doutorado em Ciência Política pelo IUPERJ, Irene é professora da PUC-RJ, diretora do Centro Internacional de Estudos e Pesquisas sobre a Infância e presidente da Rede Internacional de Pesquisa Childwatch.

O curso faz parte do Projeto “Aprimoramento do SGDCA”, promovido pela Rede Social SP, em parceria com o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Paulo e com a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, sendo executado pelo Centro de Empreendedorismo Social e Administração em Terceiro Setor da Fundação Instituto de Administração (CEATS/FIA).

A Rede do Saber vai promover a exibição dessas videoconferências em seus 91 pontos de funcionamento em todo o Estado. Aqueles que participarem do curso completo, nessas salas, receberão certificado. Cada sala tem capacidade para 40 pessoas e a seleção dos participantes será feita por ordem de inscrição, até o dia 24/03.

De acordo com a organização do curso, as inscrições poderão ser feitas no site www.aprimoramentosgdca.org.br a partir desta quinta-feira (18/03).


Confira o calendário completo do curso:

Videoconferência 1 –
26/03/2010
Tema: Contexto Histórico e Cultural

Videoconferência 2 – 14/04/2010
Temas: Marco Legal e o Ecâmetro: ferramenta de diagnóstico participativo

Videoconferência 3 – 28/04/2010
Tema: Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA

Videoconferência 4 – 09/06/2010
Tema: Participação e Protagonismo

Videoconferência 5 – 30/06/2010
Tema: Sistema de Garantias dos Direitos da Criança e do Adolescente - SGDCA

Videoconferência 6 – 21/07/2010
Temas: Redes Sociais e Políticas Públicas

Videoconferência 7 – 25/08/2010
Tema: Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente


Obs.: O link para o site da Pró-Menino está disponível na barra lateral deste BLOG na pasta Fique Atento!

CURSO DE CAPACITAÇÃO E RECICLAGEM - PREPARATÓRIO PARA CONCURSO

CURSO DE CAPACITAÇÃO E RECICLAGEM - PREPARATÓRIO PARA CONCURSO

Público Alvo:
Assistente Social

Tema: Instrumentalidade do Serviço Social: O debate em torno do processo de trabalho do Serviço Social e a questão da Instrumentalidade. Questões Contemporâneas do Serviço Social. Trajetória Histórica.

Início: 29 de março

Dias: Março - 29 – 30 e 31 Abril - a confirmar as datas a partir do dia 19.

Carga horária: 21 horas

Local: Rua da Lapa, 86

Horário: 18:00 às 21 horas

Realização: CBCISS

Coordenação: A.S. Rosely Reis Lorenzato

Apoio:
UNIGRANRIO


Corpo Docente

- Yolanda Guerra – Graduada em Serviço Social em 1979 pela Instituição Toledo de Ensino de Bauru-SP. Mestre em Serviço Social pela PUC-SP; ex-docente da Universidade Estadual de Ponta Grossa-PR e Doutoranda em Serviço Social na PUC-SP. Professora da Escola de Serviço Social da UFRJ.

Investimento: R$ 200,00 à vista; ou R$ 220,00 em 2 pagamentos de R$ 110,00

Vagas Limitadas

OBS.: O curso está sujeito a número mínimo de inscritos.

As pessoas interessadas deverão realizar depósito no Banco do Brasil – Ag. 1855-4 - C/C. 402717-5 – em nome do CBCISS até o dia 25 de março e enviar e-mail para cbciss@uol.com.br, com os seguintes dados:

--> Nome completo;
--> Telefones de contato;
--> Endereço de e-mail;
--> Data do depósito e;
--> Nome da agência.

O valor integral do curso deverá ser pago no dia de início das atividades, à vista ou em 2 cheques. O comprovante de depósito deve ser apresentado no primeiro dia do curso. Não trabalhamos com cartões.

Informações:
(21) 2220-8174 – 2220-8274 ou 8754-9832 (Helena)
E-mail: cbciss@uol.com.br

Curso de Atualização :Gênero, Saúde e Violência (Gratuito)

Curso de Atualização :Gênero, Saúde e Violência (Gratuito)

Prof. Marisa Chaves e Rita Costa

Dias : 09, 16, 23 e 30 de Abril

Horário : 09:00 às 13:00

Local : Sala 903/DIHS - Prédio Expansão - Fiocruz

Informações : Av. Brasil, 4036 sala 905 – Manguinhos – CEP:21040-361 – Rio de Janeiro

Telefone: (21)3882-9222/9223 – E-mail: dihs@ensp.fiocruz.br

sexta-feira, 19 de março de 2010

Curso de Extensão da Comissão de Educação - 2010

O Curso de Extensão da Comissão de Educação do Cress - 2010 abrirá as inscrições no período de 29 de março a 4 de abril. A seleção dos candidatos será dia 6 de abril e o resultado será dia 8 de abril. O curso terá início dia 17 de abril com aula do professor Gaudêncio Frigotto.

Acompanhe no site do CRESS 7ª Região mais detalhes sobre o curso.

quarta-feira, 17 de março de 2010

DIVULGUEM E PARTICIPE!

Recebi este e-mail do Professor Rodrigo Lima e pediu para ser divulgado:


"AOS PROFESSORES, ALUNOS E FUNCIONÁRIOS DA FSS/UERJ

Este email é para divulgar a realização de um evento de extrema importância social e política que ocorrerá em nossa cidade, na próxima semana (22 a 26 de março). Trata-se do Fórum Social Urbano, uma iniciativa de um conjunto de organizações, entidades e movimentos populares em torno do direito à cidade.

Durante a semana do dia 22 de março, o Rio de Janeiro sediará dois eventos urbanos com agendas e focos políticos diferenciados. O primeiro, de maior visibilidade, trata-se do Fórum Urbano Mundial, vinculado à UN-HABITAT e ao "receituário" das agências multilaterais para as cidades, notadamente as cidades de países periféricos.

O segundo, e de fato o mais importante, porém sem os recursos financeiros e midiáticos do primeiro, é o Fórum Social Urbano, que se realizará entre os dias 22 e 26 de março. Trata-se de iniciativa de diferentes movimentos, entidades, instituições e pessoas que militam pelo direito à cidade, pela democracia e justiça urbanas e que querem, de fato, construir um espaço político de debate público sobre as concepções e os destinos da cidade, debate este aberto à participação social "não disciplinada" e ordenada por regras e procedimentos que ritualizam a participação e a transformam em epifenômeno.

Assim, é fundamental o trabalho de incentivo à participação social e de disseminação das informações sobre este evento e seu sentido político. Quanto mais ampliarmos a rede de informações e de adesão ao FSU, maiores serão as chances de rompermos com a aparente “ordem de consenso” que subordina o direito à cidade a toda sorte de políticas de empreendedorismo urbano e criminalização da pobreza.

O arquivo anexado explica melhor a forma e o conteúdo do FSU. Todos cidadãos poderão participar, as inscrições prévias são apenas para atividades que ocorrerão durante o FSU (este prazo, inclusive, já se encerrou). O site do FSU é http://forumsocialurbano.wordpress.com, lá estão acessíveis as informações mais atuais sobre a programação e a organização do evento.

Segue abaixo a programação que já se encontra fechada. Contudo o FSU está estruturado a partir da realização concomitante de várias atividades culturais, de discussão e de exposição que ultrapassam a agenda mais geral das mesas principais de cada eixo temático.

É isso, vamos todos divulgar e participar do Fórum Social Urbano. Tudo começará com o Ato Público do dia 22 de março, na Candelária.

Nos encontramos lá !!!

Isabel Cristina da Costa Cardoso
Professora da FSS/UERJ"



Programação

Segunda-feira – 22

Ato Público

Concentração a partir das 9h.

Local: Candelária – Centro.


Mesa de abertura

16h30

Ermínia Maricato – FAU/ USP
Peter Marcuse – Columbia University
Raquel Rolnik – USP


Atividade Cultural

- Baile da ApaFunk


Terça-feira – 23

Eixo: Criminalização da Pobreza e Violências Urbanas

Mesa – Criminalização da Pobreza e Violências Urbanas

9h30

Loic Wacquant (a confirmar)
Marilene de Souza – Rede de Comunidades e Movimentos contra a Violência
Marcelo Freixo – Deputado Estadual (Psol)
Soledad Bordegaray – Movimiento por la Paz y la No Violencia de Mujeres, Jóvenes y Hombres da Argentina

Mesa: Faxina Étnica

14h

Representante da Campanha Reaja ou Será Morto
Márcia Leite – Círculo Palmarino
Wilson Prudente – Procurador do Ministério Público do Trabalho e Emprego
Deley de Acari


Mesa: Guerra às Drogas e Militarização das Periferias

18h

Renato Cinco – Marcha da Maconha
Hertz – Campanha pelo Fim da Guerra Interna das Periferias
Maria Lúcia Karan - Juíza


Atividade Cultural

20h

- Lançamento da “Campanha pelo Fim da Guerra nas Periferias”

- Apresentação de Hip-Hop – Coletivo Luta Armada


Quarta – feira – 24

Eixo: Megaeventos e a Globalização das Cidades

Mesa: Os Megaeventos como Modelo de Desenvolvimento: efeitos e contradições

9h30

Alan Mabin – University of the Witwatersrand – África do Sul
Gilmar Mascarenhas – UERJ
João Sitte Withaker – USP
Carlos Vainer – UFRJ


Mesa: A experiência brasileira em megaeventos esportivos

14h30

Representante do Movimento de Resistência à Copa do Mundo em Fortaleza
Inalva Mendes Brito – Comitê Social do Pan
Nelma Gusmão de Oliveira – Comitê Social do Pan
Alberto Oliveira – UFRRJ
Guilherme Marques – UFRJ
Danielle Barros – UFRJ


Atividade Cultural

20h

- Ato político-cultural “O Petróleo Tem Que Ser Nosso”

- Show com a Orquestra Voadora


Quinta – feira – 25

Eixo: Justiça Ambiental na Cidade

Mesa: Entre o campo e a cidade – Modelo de desenvolvimento, conflitos socioambientais e a luta dos movimentos populares por Justiça Ambiental

9h30

Henri Acselrad – IPPUR/UFRJ
Marcelo Firpo (FIOCRUZ)
Rosilene (Coletivo A Baía de Sepetiba pede Socorro”)
Paulo Alentejano – Associação Brasileira de Reforma Agrária/ Associação dos Geógrafos Brasileiros


Mesa: Justiça Climática nas Cidades

13h30

Fatima Mello – FASE
Gleyse Peiter – Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas
Eduardo Giesen – Amigos da Terra/ México


Plenária Geral


Sexta-feira – 26

Eixo: Grandes Projetos Urbanos e Lutas em Áreas Centrais e Portuárias

Mesa: Projetos Neoliberais para Áreas Centrais e Portuárias

9h

Peter Marcuse – Columbia University – EUA
Simpreet Singh – Aliança Nacional dos Movimentos Populares da Índia
Ermínia Maricato – FAU/ USP
Helena Menna Barreto – LabHab/USP


Mesa: Conflitos e Lutas nas Áreas Centrais

14h

Benedito Barbosa “Dito” – União Nacional por Moradia Popular
Representante da FUCVAM (Uruguai)
Maria de Lourdes “Lurdinha” – Movimento Nacional de Luta por Moradia
Ângela Morais – Ocupação Quilombo das Guerreiras
Sérgio Lamarão – Historiador


Mesa: Zona Portuária: Porto Maravilha, Para Quem?

16h30

Damião Braga – Quilombo da Pedra do Sal
Luis Torres – FAVELARTE
Eliomar Coelho – Vereador (Psol)
Martha Abreu – UFF


Atividade Cultural

20h

- Afoxé Filhos de Gandhi

- Roda de Samba


--
Coordenação de Graduação FSS/UERJ
Tel.: (21) 2334-0422 - R. 236 / 239
E-mail: graduass@gmail.com

Pós graduação UNISUAM Unidade Campo Grande: Inscrições já diponíveis!

Já estão abertas as incrições para a Pós graduação em Serviço Social e o Trabalho com as Famílias, na UNISUAM Unidade Campo Grande.

As aulas terão início no dia 17/04/2010.

Inscrição na própria unidade.

Rua Campo Grande, 1508, Campo Grande, Rio de Janeiro - RJ.

SEMINÁRIO SOBRE CONTROLE SOCIAL DA GESTÃO PÚBLICA: GRUPOS DE ACOMPANHAMENTO DO LEGISLATIVO.

SEMINÁRIO SOBRE CONTROLE SOCIAL DA GESTãO PúBLICA: GRUPOS DE ACOMPANHAMENTO DO LEGISLATIVO.

Data e Local: Domingo, 21 de março de 2010, das 9:00 às 16:00h., no salão da Igreja
de Santana [entrada pela própria Igreja] - Praça Cardeal Leme, nº 11
- Esquina da Rua de Santana com Rua Benedito Hypólito – Central – Rio
de Janeiro, RJ (próximo ao Edifício Balança Mas Não Cai).

Alimentação: A organização providenciará lanche, café e frutas, pela manhã.

O almoço ficará por conta de cada participante. No local a Igreja mantém um restaurante, que serve almoço por R$ 1,50 cada 100 gramas. A contribuição solidária de 5 reais será usada para isso.

Na certeza de termos um grande Seminário, esperamos contar com a participação de todos.

Rede Fé e Política
Praça Mahatma Gandhi, 02 - sala 822
Cinelândia - Rio de Janeiro, RJ - 20031-100
Tel.: (21) 2524-9761