quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Cultura LGBT

Pesquisa inédita irá mapear a diversidade cultural LGBT em todo o Brasil
O Grupo SOMOS Comunicação, Saúde e Sexualidade, de Porto Alegre (RS), realizará, por meio de seu Pontão de Cultura LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais), uma pesquisa nacional com objetivo de mapear a produção simbólica desenvolvida para o segmento cultural no Brasil.
A partir de uma concepção ampliada sobre Cultura, que leva sua definição para além das expressões artísticas consagradas, o Grupo SOMOS enviará pesquisadores a todas as capitais brasileiras para registrar e documentar as ações de grupos artísticos, artistas, eventos e festividades, bem como espaços de sociabilidade de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.
O trabalho inédito no país, que deve ter duração de um ano, contará com parceiros em cada local visitado, como produtores e artistas. Reconhecido pelo Ministério da Cultura, o mapeamento mobilizará protagonistas, realizadores e atores da Cena Cultural LGBT brasileira com o objetivo de revelar as especificidades e associar pontos de identificação entre si.
Para Sandro Ka, um dos diretores do Grupo SOMOS e coordenador da pesquisa, a população LGBT compõe um segmento cultural com elementos significantes que revelam as maneiras desta população relacionar-se com o meio: “São características que compõe sua identidade enquanto grupo e é reconhecida e significativa a importância destas manifestações como meio de expressão de suas identidades, mas muito pouca visibilidade e reconhecimento essas manifestações tem alcançado. Queremos desvelar isso”, afirma.
A produção cultural LGBT engloba deferentes manifestações artísticas e culturais, que vão desde os autênticos shows performáticos de transformismo, popularmente reconhecidos e identificados com tal população, mas também outras manifestações como, as Paradas do Orgulho LGBT, Festivais de Cinema temáticos, Concursos de Beleza Gay e Transformista e outras manifestações, algumas delas, regionais.
Ao final, todo o material documentado será organizado, dando origem a um catálogo impresso e a um site repositório, com conteúdo biográfico e visual das principais manifestações artísticas LGBT brasileiras. Dinâmico, o mapeamento será um espaço aberto e de atualização constante, tendo seu acervo físico mantido no Centro de Documentação Adelmo Turra – CEDOCAT, espaço de pesquisa e documentação, na sede do Grupo SOMOS, na capital gaúcha.

http://www.cultura.gov.br/site/2011/01/13/cultura-lgbt-3/

Nenhum comentário:

Postar um comentário