domingo, 27 de março de 2011

Pós graduação "Políticas Públicas em Segurança Pública"

O Centro Universitário da Cidade - UniverCidade está lançando o curso de pós-graduação:

MSA Políticas Públicas em Segurança Pública

Objetivo

O curso tem como objetivo verticalizar os conhecimentos teóricos e práticos para uma qualificação de profissionais de segurança pública numa perspectiva política, social, humanista, democrática e multidisciplinar.

Programa

- Relação Estado e Sociedade
- Formação Social, Econômica e Política do Brasil
- Sistema Político Brasileiro
- Economia do Setor Público
- Elaboração de Políticas Públicas
- Execução de Políticas Públicas
- Avaliação de Políticas Públicas
- Violências no Brasil
- Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional na área de
Segurança
- Criminologia e Sistema Penal
- Aspectos Específicos da Violência no Rio de Janeiro
- Polícias do Brasil
- Interface com outras Políticas Públicas
- Inteligência, Informação e Tecnologia
- Direitos Humanos
- Gerenciamento de Crises e Mediação de Conflitos
- Oficinas - Estudos de Caso dentro do contexto atual
- Metodologia de Pesquisa
- Trabalho de Conclusão de Curso

Coordenação
Jose Luis Abreu Dutra,
Mestre EBAPE/FGV.

Gustavo André Pereira Guimarães, Mestre em Tecnologia. UFRJ.
Especializando em Gestão Pública Municipal. UFF.

Carga Horária
410 h/a

Local
Unidade Méier
Rua José Bonifácio, 140

Horário
Sábados, das 7h50 às 17h20

Início
30 de abril de 2011

Preço
20 x R$ 297
Egressos de cursos de Graduação e Pós-Graduação da
UniverCidade: 15% de desconto
À vista: R$ 4.930
Empresas e instituições conveniadas:
15% de desconto. Clique aqui
<http://www.univercidade.edu/uc/empresas/parceiras.asp>

PRAVALER <http://www.univercidade.edu/uc/bolsas/pravaler.asp> -
Financie seu curso e ganhe mais tempo e facilidade para pagar.

Diferenciais

O paradigma gerencial contemporâneo exige formas flexíveis de gestão, descentralização de funções, redesenho de estruturas e criatividade. O administrador público preparado para enfrentar mudanças contínuas – com qualidade e produtividade em suas ações – precisa ter visão crítica sobre sua atuação.
Este curso foi estruturado para desenvolver e incrementar tal visão.

O enfoque é voltado para a complexidade da violência no estado do Rio de Janeiro. Temos como objeto de estudo sua formação demográfica, geográfica, histórica e econômica, bem como os desafios específicos para o governo deste Estado. Possui, portanto, grande pertinência para estudiosos interessados no tema da segurança pública, além de trazer a perspectiva de progressão de carreira, crescimento profissional e maiores vencimentos.

Em anexo, o material de divulgação.

Segue o link da página do curso:

http://www.univercidade.edu/uc/cursos/pos/escneg/msa_politicas.asp
<http://www.univercidade.edu/uc/cursos/pos/escneg/msa_politicas.asp>

Blog para discussão do curso:
http://msa-pp-segurancapublica.blogspot.com/
<http://msa-pp-segurancapublica.blogspot.com/>

Evento: O Direito das Mulheres

O CL apresenta no dia 30 de março, um evento com o objetivo de examinar a violência que estigmatiza a mulher – e a crescente banalização da agressão em particular nos dias de hoje.
O encontro pretende debater o episódio Sakineh Mohamadi Ashtiani (o apedrejamento como ato de justiça), a mulher adúltera do Evangelho de João (textos Bíblicos), a crise da masculinidade (origens da hegemonia masculina) e a Lei Maria da Penha (Lei 11.340/06) . Valendo-nos do destaque dado pela mídia ao episódio de Sakineh, falaremos das nossas mulheres e de seus direitos.
O evento será realizado em Botafogo, na Residência João XXIII (R. Bambina, 115), no  dia 30/03/2011, no horário das 19h às 21h. O investimento único é de R$10,00 (pode ser pago na hora e será conferido certificado de participação)

Palestrantes:

Adolfo Borges – professor do Departamento de Direito da PUC-Rio
Wania Santanna – Historiadora, ex-Secretária de Direitos Humanos do RJ, pesquisadora das relações raciais.
As inscrições devem ser realizadas previamente.
Inscreva-se aqui: http://www.clfc.puc-rio.br/direito_mulheres.html

Reunião: Encontro Interagir de Empresas

 A Comissão Executiva do “Encontro Interagir de Empresas” tem o prazer em   convidá-los  (as)  para  a  primeira  Reunião  Bimestral  de  2011  de profissionais  que  lidam  com   Problemas   Relacionados  às  Questões  do Uso,  Abuso e Dependência Química no Ambiente de Trabalho.

A   Reunião   será  realizada  no  próximo  dia  30 de março de 2011,  quarta - feira,  das  9h às 12h,  no  Auditório da ELETRONUCLEAR à Rua da Candelária,  nº  65  ‍ Auditório do 9º andar - Centro– RJ.

 A programação do dia contempla a palestra:

           "O Cérebro e suas Transformações na Era do Prazer"

  • Palestrante: Dra. Analice Gigliotti 
Diretora da Clif – Medicina do Comportamento  
Chefe do Setor de Dependência Química da Santa Casa da Misericórdia- RJ
Professora da Escola Medica  de Pós Graduação  da PUC- RJ
Vice-Presidente da Associação Psiquiátrica do Estado do Rio de Janeiro (APERJ) 
  • Coordenadora: Joanna Francisca Elsenbusch - Assistente Social

                            Inscrição Gratuita  /   Vagas Limitadas

Solicitamos aos interessados que confirmem sua presença através do e-mail

joanna@eletronuclear.gov.br   ou   pelos   telefones  (21) 2588-7327 / 2588-7321, informando  nome  completo,  empresa  /  instituição e nº do documento de identidade.
 
Para  participar  do  Encontro  Interagir  de Empresa, após confirmar sua presença, basta comparecer ao local indicado acima munido de seu documento
de identidade.

segunda-feira, 21 de março de 2011

Fundamentos do Serviço Social e Política de Seguridade Social com ênfase em Oncologia

Vagas oferecidas
10 vagas



Documentos necessários para inscrição:

Formulário de inscrição preenchido e assinado pelo candidato;

    • 1 foto 3x4;
    • Cópia da Carteira do Conselho;
    • Carta de Indicação da Instituição em papel timbrado, constando vínculo e liberação para o curso, assinada e carimbada pela chefia imediata.

    Inscrições

    As inscrições estarão abertas no período de 17 a 31 de março de 2011. O formulário de inscrição mais os documentos exigidos, poderão ser encaminhados por SEDEX, com data de postagem até o dia 31 de março de 2011 para a Secretaria Acadêmica/SECAD - Rua do Rezende, 128 - 20231-092 - Centro - Rio de Janeiro - RJ.

    Período de Seleção

    A seleção se dará no período de 06 a 13 de abril de 2011 e será feita de acordo com o cumprimento das exigências de pré-requisitos e documentação, da análise do curriculum vitae e da ordem de chegada da solicitação de inscrição.

    Resultado da seleção
    Dia 15 de abril de 2011, no sítio do INCA, a partir das 15h.

    Período de matrícula
    18 a 22 de abril de 2011

    Início de realização do curso
    28 de abril de 2011


    Disciplinas
    Nome
    Responsável
    Carga Horária
    Estado, Questão Social e Serviço / Seminário Desigualdade Social e Oncologia
    Letícia Batista da Silva
    6h
    Oficina de Previdência Social: ênfase em Oncologia
    Ana Celina Muniz de Oliveira
    4h
    Política de Assistência Social
    Márcia Valéria de Carvalho Monteiro
    4h
    Política de Saúde e a interface com a Oncologia
    Célia da Silva Ulysses de Carvalho
    4h
    Projeto Ético Político do Serviço Social
    Eliane da Silva Estalino
    4h
    Serviço Social e o Debate Contemporâneo
    Fernanda dos Reis Melo
    4h
    Serviço Social em Saúde
    Marina Monteiro de Castro e Castro
    4h

    Objetivo: Oferecer arcabouço teórico e metodológico fundamentais ao desenvolvimento do trabalho do assistente social na área de Oncologia.


    Ementa: Estado, Questão Social e Serviço Social; Serviço Social e o Debate Contemporâneo; Projeto Ético Político; Serviço Social em Saúde; Política de Seguridade Social (Assistência Social, Previdência Social, Política de Saúde e a interface com a Oncologia).


    Público-Alvo: Assistentes Sociais com vínculo empregatício nos CACONS/UNACONS sendo prioridade, respectivamente, os seguintes vínculos: Federal, Estadual, Municipal, Filantrópico, Privado com convênio SUS, Privado.

    Carga horária: 30 horas

    Duração: 3 semanas


    Observações:
    • Regime: 02 (duas) semanas com 8h/semanal (aulas às quintas-feiras, dia todo) e 01 (uma) semana com 12h/semanal (aulas na quinta-dia o dia todo e na sexta-feira à tarde).

    Coordenação:Letícia Batista da Silva & Fernanda dos Reis Melo
    Hospital do Câncer II - Serviço Social
    Ra do Equador, 831 - 1º andar
    20220-410- Santo Cristo - Rio de Janeiro
    Tel:(021) 2276-4881
    lsilva@inca.gov.br ou leticiabatistas@gmail.com ou femelo@ig.com.br

    Mais Informações:Secretaria Acadêmica/SECAD

    Rua do Rezende, 128

    20231-092 - Centro - Rio de Janeiro - RJ

    Tel: (021) 3970-7944

    Fax: (021) 3970-7125

    secad@inca.gov.br

    Atendimento ao público: 9h às 16h

    DIVERSIDADE SEXUAL, HOMOFOBIA E COTIDIANO ESCOLAR

    23 de março, 4ªfeira, 16h, Sala F300
    PUC-RIO -
    Rua Marquês de São Vicente, 225 - Gávea

     

    Prof. Dr. Anderson Ferrari (UFJF)
    - Licenciado em História (UERJ)
    - Mestre em Educação (UFJF)
    - Doutor em Educação (Unicamp)
    - Está realizando pós-doutorado na Universidade de Barcelona (2010-2011)
    - Pesquisador em temas de educação, gênero, sexualidade, curriculo e homossexualidade.

     _________________________________________________________

    Departamento de Educação | PUC-Rio
    Rua Marquês de São Vicente, 225 (Sala 1049L) - Gávea
    Tel.: (+ 55 21) 3527-1815 ; 1816; 1817 e 1818
    Departamento de Educação: www.puc-rio.br/educacao
    Grupo de Pesquisa: www.gecec.pro.br

    terça-feira, 15 de março de 2011

    HOSPITAL ICARAÍ (Niterói) contrata

    Abertas inscrições para Processo Seletivo do Hospital Icaraí na Rua Marquês do Paraná em Niterói.

    Nível Técnico:


    · Técnicos de laboratório, de enfermagem, em aparelho gessado, de RX, de TC, de Ressonância Magnética,
    · Faturista
    · Recepcionista hospitalar
    · Estoquista
    · Auxiliares administrativo, serviços gerais, de farmácia, de cozinha
    · Cozinheiro
    · Copeiro
    · Mensageiro
    · Camareira
    · Telefonista
    · Lavador (roupas)
    · Manobrista
    · Motorista

    Nível Superior: 
     
    · Enfermeiro
    · Nutricionista
    · Farmacêutico
    · Bioquímico
    · Biomédico
    · Médico
    · Assistente Social
    · Psicólogo

    Enviar currículo para email rh@hcsg.com.br , mencionando no assunto a área de interesse.








    segunda-feira, 14 de março de 2011

    Casa de Francisco - atendimento médico GRATUITO (repassando)

    A CASA DE FRANCISCO DE ASSIS, à Rua Alice 308 - Laranjeiras, Tels: 2265-9499 e 2557-0100, www.casadefranciscodeassis.org.br e e-mail: cfassis@uol.com.br, mantém diversos médicos com as especialidades abaixo, que atendem com hora marcada pessoas com renda comprovada de até 3 (três) salários mínimos, ao custo de R$10,00 a R$15,00. Para aqueles que não possam pagar os valores citados anteriormente, será feita uma avaliação com a Assistente Social para ser concedida gratuidade:

    - Homeopatia (Crianças
    - Cromoterapia
    - Pediatria e Otorrinolaringologia
    - Psicologia Infantil
    - Pediatria 
    - Fonoaudióloga  (CRECHE)
    - Psiquiatria 
    - Nutricionista
    - Psicologia  
    - Odontologia - Crianças e Adultos
    - Cardiologia                                                                 
    - Ginecologia
    - Fisioterapia                                                                
    - Serviço Social
    - Jurídico 


    LIGAR HORÁRIO COMERCIAL E FALAR/AGENDAR C/CARMEN
    Atendimento gratuito 


    AJUDE A DIVULGAR- ALGUEM PODE ESTAR PRECISANDO


    A Clínica de Enfermagem Arte do Cuidado, da UniverCidade, presta atendimento gratuito e está agendando para preventivo ginecológico.
    Qualquer mulher interessada deve ligar para os seguintes números:
    2219-8100/ 2233-8389 ramais 225/226.

    · Endereço: Av. Presidente Vargas, nº 2700. Praça XI, ao lado do prédio do Metrô, Rio de Janeiro .

    · Funcionamento: de segunda à sexta das 08h00min às 11h00min e de 19h00min às 22h00min, aos sábados de 08:00h às 11:00h.
    Também são realizados EXAMES LABORATORIAIS, tudo gratuito.

    PROCESSO ELEITORAL 2012014 0001 - Eleições Conjunto CFESS/CRESS

    sexta-feira, 11 de março de 2011

    Dilma abre seminário sobre centros de referência em crack

    Data: 17/02/2011
    A presidenta Dilma Rousseff participa nesta quinta-feira (17), pela manhã, no Palácio do Planalto, da abertura do seminário sobre a implantação dos centros regionais de Referência em Crack e outras Drogas. O objetivo dos centros, aprovados pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) no fim do ano passado, é capacitar profissionais da saúde e educação que atuam com o tema da dependência química.
    Participam do seminário representantes das instituições de ensino superior selecionadas para oferecer cursos de aperfeiçoamento em crack e outras drogas e a secretária da Senad, Paulina Vieira Duarte. A cerimônia de abertura também deve contar com a presença dos ministros da Justiça, José Eduardo Cardozo, da Educação, Fernando Haddad, da Saúde, Alexandre Padilha, e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello.
     


    Fonte:
    Portal Brasil
    Agência Brasil 

    Terceirização ilegal ameaça hospitais universitários

    O longo processo de terceirização de funcionários, considerado ilegal pelo Tribunal de Contas da União (TCU), ameaça hoje o funcionamento de boa parte dos 46 hospitais universitários federais, todos ligados ao Ministério da Educação (MEC).
    Os hospitais têm hoje 70.373 profissionais, dos quais 26.500 são terceirizados, segundo estudo da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).
    Segundo reportagem na edição desta segunda-feira (7) do jornal O GLOBO, o MEC vem sendo questionado sucessivamente pelo TCU. Em levantamento de 2009, o MEC reconhecia que 59,03% do total eram servidores federais concursados e contratados por regime jurídico único; os demais trabalhavam pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), sendo terceirizados, autônomos ou cedidos por outros órgãos.
    Responsáveis por atendimento de alta e média complexidade e por fazer transplantes, as unidades têm sofrido com falta de pessoal e gastos com os terceirizados.
    O problema já atinge quem precisa dos serviços: 1.500 leitos, diz a Andifes, estão desativados. Segundo o MEC, em 2009, havia 10.277 leitos ativos e 1.188 fechados.

    Leia a matéria:

    quinta-feira, 10 de março de 2011

    XV CURSO DA UNACCAM UNIÃO E APOIO NO COMBATE AO CÂNCER DE MAMA

    Quem puder divulgar divulgue o curso é totalmente gratuito:

    Local: Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo

    Plenário: José Bonifácio

    XV CURSO DA UNACCAM

    UNIÃO E APOIO NO COMBATE AO CÂNCER DE MAMA


    FONES: 3285-6887 MARIA EUGÊNIA 3889-8287 MARIA DO CARMO 3051-6060 TININHA

    São Paulo, janeiro de 2011.

    INíCIO : 14 de março

    TERMINO: 27 DE JUNHO PRIMEIRA FASE

    AS ATIVIDADES

    Todas as segundas feiras.

    Sendo 3 palestras por dia

    • 1ª: das 10h00 às 12h00
    • 2ª: das 13h00 às 14h30
    • 3ª: das 15h00 às 16h30


    GRADE CURRICULAR

    Dia 14 de março

    Abertura - Anatomia e fisiologia da mama

    Dr.Carlos Alberto Ruiz

    Presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia (2011/2013)

    13h00 Apresentação dos integrantes do curso.

    Mulher Plena. Dra.Rita Macieira

    Reviver: REDESCOBRINDO A FEMINILIDADE ATRAVES DA DANÇA DO VENTRE Parisia Mari

    Dia 21 março

    Como se forma o câncer de mama.

    Dr. Cesar Cabello dos Santos

    Presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia Regional São Paulo (2011/2013)

    Fatores de risco em câncer de mama: Mitos e Verdades.

    Dr. José Roberto Filassi.

    Prof. Titular do Instituto do Câncer Mario Frias-ICESP

    Dia 28 março

    Linfonodo Sentinela.

    Dr José Roberto Morales Piato.

    Prof. Titular da USP

    Reconstrução Mamária pós Mastectomias.

    Dr. Otávio Machado Almeida

    A Psicologia e o Câncer de Mama.

    Dra. Regina Maria Paschoalucci Liberato.

    Presidente da Sociedade Brasileira de Psico-Oncologia

    Dia 04 de abril

    Cirurgias de câncer de mama.

    Dr Marcelo Sampaio

    Acupuntura

    Prof. Titular da USP DR. Hong Jin Pai

    Contribuição da Enfermagem no câncer de mama.

    Enfermeira Rose

    Dia 11 de abril

    Câncer de mama.

    Dra. Maria do Socorro Maciel.

    Diretora do Setor de Mama do Hospital Antonio Prudente

    A Sensualidade.

    Dra Ana Cristina Canosa

    Carcinoma e como tratá-lo

    Dr. João Bosco.

    Prof. Titular da faculdade de Medicina de Jundiaí.


    Dia 18 de abril

    Aspecto Sistêmico no câncer.

    Dr. Max Senna Mano

    Prof Titular da USP

    Bio ética

    Dra. Nise Yamagushi

    Profª. Titular da USP

    Qualidade em Radiologia. Maria Helena Mendonça

    Dia 25 de abril

    Radioterapia.

    Dr Eduardo Martella.

    Prof. Titular da USP

    Terceiro Setor.

    Adriana Bassi da American Cancer Society

    Diagnóstico Precoce e o Tratamento das Morbidades.

    Dr. Carlos Elias Fristachi.

    Prof. Titular da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo

    Dia 02 de maio

    Saúde Bucal e o câncer.

    Dra. Eliete Gubencce

    Planejamento Integrado: Pacientes e Familiares.

    Dra. Ivete Yago

    Menopausa e o Câncer de Mama.

    Dr. Marcelo Genari

    Dia 09 de maio

    Estado de São Paulo e o Câncer de mama.

    Município de São Paulo e o Câncer de mama.

    Dra Elisa e Dr. Paulo Roberto Pirose

    Dia 16 maio

    Neoadjuvância em Câncer de Mama.

    Dr Ricardo Caponeiro.

    Câncer e o tratamento e pós cirurgia-Radioterapia.

    Dr. Eduardo Martella.

    Prof. Titular da USP

    A importância do patologista no diagnóstico do câncer de mama.

    Dra Filomena Marino Carvalho.

    Profª Titular da USP

    Dia 23 de maio

    Cuidados do Câncer de Mama.

    Dra Elizabete Mesquita

    Arte terapia.

    Patriciaxxxxxxxx

    Grupo de Apoio.

    Vera Teruel Viva Melhor

    Dia 30 de maio

    Antroposofia.

    Dr. Ricardo Guelman.

    Membro da Associação Brasileira de Medicina Complementar.

    Fisioterapia.

    Dra. Angela Gonçalves Marx.

    Presidente da Associação Brasileira de Fisioterapia em Oncologia.

    Direitos Sociais.

    Dra. Maria Teresa

    Assistente Social do Hospital das Clínicas de São Paulo

    Dia 06 de junho

    Estratégicas de Diagnóstico do Câncer de Mama.

    Dra Mariane Pinotti

    Ser Voluntário.

    Vera Monari

    Presidente da Rede Feminina do Estado de São Paulo

    Hormônio e Câncer de mama.

    Dra. Rita Dardes

    Profa. Titular da UNIFESP

    DIA 13 TCC DR BLANCO

    DIA 20 TCC DRA STANA

    DIA 27 TCC DR BLANCO

    NOVEMBRO

    DIAS

    7 DR. PAULO BENEVENTO ADVOGADO Diretos dos pacientes.

    14 NUTRIÇÃO Dieta e Hábitos no Câncer de Mama. Nutricionista

    21 CROMOTERAPIA Cromoterapia Prof. Oswaldo Galvão Filho

    28. REVIÃO GERAL Equipe dos Voluntários e Médicos da UNACCAM.

    De: Perspectiva Social [mailto:persp_soc@yahoo.com.br]
    Enviada em: quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011 20:40
    Para: Perspectiva Social
    Assunto: Gestão de Projetos Sociais - Campinas - SP.
    Prioridade: Alta

    Curso de Extensão Profissional - Gestão de Projetos Sociais
    Campinas - SP.
    __________________________________________________________

    Objetivo: Possibilitar o aprimoramento de técnicas na prática de gestão de projetos sociais.

    CONTEUDO PROGRAMÁTICO:

    * Conceito de projeto social: gestão de projetos não é gestão institucional.
    * Análise situacional para implantação de um projeto social
    * Diagnóstico social
    * Organograma gerencial no contexto organizacional
    * Atribuições: Pessoas e funções
    Métodos de planejamento para resultados
    Instrumentais de indicadores: procedimentos antes e durante a execução do projeto
    Sistema de avaliação: análise de objetivos e impactos esperados.


    * Gestão para oportunidade de desenvolvimento institucional: micro e macro oportunidades

    * Gestão ampliada: abrangência do projeto social na comunidade e na política social.

    * Elaboração do plano de gestão.

    Metodologia: inteiramente apostilado e em forma de oficina.
    Os participantes poderão trabalhar individualmente, em duplas ou em grupos.
    O curso terá duração de três meses, sendo duas vezes por mês, sempre aos sábados.

    Datas: 09, 16 de abril, 07, 21 de maio, 04 e 11 de junho de 2011.
    Horário: 08h30 as 17h30.
    Local: ESPAÇO IDEAL - Treinamento Empresarial - Telefone: (19) 3272-7278
    Rua Romualdo Andreazzi, 677 - Jardim do Trevo - Campinas - SP.
    (Próximo a Concessionária Honda na Avenida Prestes Maia, nº 707 e a Dedic).

    Investimento: R$ 230,00 (duzentos e trinta reais) por mês.
    Forma de pagamento: Primeira mensalidade - depósito bancário.
    Segunda mensalidade - cheque pré-datado para 30 dias - R$ 230,00 (duzentos e trinta reais).
    Terceira mensalidade - cheque pré-datado para 60 dias - R$ 230,00 (duzentos e trinta reais) .

    Desconto para estudantes e participantes que já fizeram outro curso pela Perspectiva Social.
    Primeira mensalidade - R$ 180,00 (cento e oitenta reais) - depósito bancário.
    Segunda mensalidade - cheque pré-datado para 30 dias - R$ 180,00 (cento e oitenta reais).
    Terceira mensalidade - cheque pré-datado para 60 dias - R$ 180,00 (cento e oitenta reais) .

    Os cheques deverão ser preenchidos e entregues no primeiro dia do curso durante o credenciamento..

    Incluso: Material didático, Apostila, Coffee Break e certificado.

    Informações e Inscrições: (11) 2283-5838
    Contatos por e-mail: perspectivasocial@uol.com.br / cgaiass@gmail.com

    Assessor: Professor Carlos Gaia

    a.. Graduação: Filosofia: - Universidade São Francisco - USF / São Paulo.
    b.. Pós-Graduação: Sócio-Psicologia - Análise de Fenômenos Sociais Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo - FESPSP / São Paulo.
    c.. Análise de Fenômenos Sociais - Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo - FESPSP / São Paulo.
    d.. Presidente do Instituto Ghaya para o Desenvolvimento Humano
    e.. Assessor em Curso de Programa de Desenvolvimento Social Corporativo.
    f.. Assessor em cursos livres de Gestão Social.
    g.. Capacitação em Gerenciamento de Projetos Sociais.
    h.. Assessor em Estratégia Pessoal e Mercado de Trabalho.
    i.. Assessor em Cursos e/ou Treinamento em Políticas Sociais - Planejamento de ações do CRAS.
    j.. Atendimento individualizado para Profissionais

    Após preencher a ficha de inscrição, envie para perspectivasocial@uol.com.br

    FICHA DE INSCRIÇÃO

    Nome:

    Endereço: ( )Rua ( ) Avenida Nº Bairro:
    CEP:

    Cidade:
    Estado:

    Telefone: Residencial ( )
    Comercial ( )
    Celular ( )

    Formação:

    E-mail:

    Qual área em que atua atualmente?

    Gostaria de participar do Grupo de Trabalho - GT? ( ) Sim ( )Não

    Por qual motivo?

    Profissionalmente, qual é o seu tema de interesse na área social?

    Obrigado por escolher nossos serviços!

    Realização:

    Perspectiva Social - Consultoria e Assessoria Ltda.
    Telefone: (11) 2283 5838
    Desenvolvendo Ambientes & Aprimorando Pessoas

    *A Coordenação do evento reserva-se ao direito de transferir para uma próxima data ou de cancelar o programa, caso não atinja o numero mínimo de participantes.

    Campanha mobiliza mulheres jovens na prevenção da aids

    Videos em:
    http://www.aids.gov.br/campanha/carnaval-2011

    Campanha mobiliza mulheres jovens na prevenção da aids
    http://www.infonet.com.br/saude/ler.asp?id=110320&titulo=saude

    O foco das ações neste Carnaval são as meninas e mulheres dos 15 a 24 anos. Campanha também incentiva a testagem rápida

    Ousadia para falar às jovens na faixa etária de 15 a 24 anos sobre prevenção às DST, aids e hepatites. Esse é o tom da campanha do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde para o carnaval de 2011, lançada nesta sexta-feira (25) na quadra da Escola de Samba do Salgueiro, no Rio de Janeiro. A ideia é que as mulheres possam incentivar o parceiro a usar a camisinha nas relações. A medida visa tê-las como aliadas da Saúde para sensibilizar a geração atual a se cuidar e fazer sexo protegido. A campanha também foca a testagem do HIV.


    "As meninas entre 15 e 19 anos estão entre os grupos mais vulneráveis ao HIV/aids. Por isso, a campanha busca dialogar com essas mulheres e meninas. Para fazermos esta campanha, pesquisamos o que elas sentem. E elas sentem que, se pedem para usar camisinha, vão ser mal vistas. Têm medo de perder o namorado e o carnaval", disse o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, no lançamento. "Usar camisinha não é desrespeitoso. Não existe nada mais respeitoso do que perder a vida".


    O ministro submeteu-se ao teste rápido para diagnóstico do HIV. A intenção foi mostrar à sociedade a importância de um simples furo no dedo para o diagnóstico precoce da doença. "Não dói, é sigiloso, rápido e seguro", ressaltou Padilha. O cantor pernambucano Reginho, autor da música "Minha Mulher Não Deixa Não", também participou do lançamento. O ritmo vai embalar os jingles da campanha do Ministério da Saúde neste carnaval.


    Alinhadas com o Dia Internacional da Mulher, as mensagens da campanha sugerem mudança de hábito na forma como a população geral lida com questões como confiança e entrega. Entre os fatores que fazem com que a mulher abandone o uso de preservativos estão mitos relacionados à falsa percepção de segurança nos parceiros: a necessidade de provar que ama o parceiro ou que confia nele, a idealização romântica, o julgamento pela aparência, a vontade de se entregar.


    A campanha exalta a participação das jovens na negociação do uso do preservativo, demonstrando que o insumo pode ser um aliado na relação. Veiculadas nos meios de comunicação durante a maior festa popular brasileira, as peças serão voltadas principalmente às mulheres de baixa renda.


    Pela primeira vez, a campanha é dividida em três filmes, a serem transmitidos pela TV e internet em momentos distintos. No primeiro, antes do carnaval (de 25 de fevereiro a 04 de março), um grupo de amigas lembra a importância de ter a camisinha. No segundo, durante a festa (de 5 a 8 março), elas reforçam o uso do preservativo na hora da relação. Na veiculação do terceiro filme (9 a 20 de março), o mesmo grupo de meninas se encontra depois da folia e orienta quem fez sexo desprotegido a realizar o teste de aids. Para ver as peças da campanha, acesse o link:
    www.aids.gov.br/campanha/carnaval-2011<http://www.aids.gov.br/campanha/carnaval-2011> .

    Mais meninas com Aids


    O alerta ao público jovem sobre vulnerabilidades ao HIV/aids ampara-se em dados epidemiológicos do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais da Secretaria de Vigilância em Saúde. De acordo com o Boletim Epidemiológico 2010, os casos de aids em homens e mulheres jovens, de 13 a 19 anos, de 1980 até junho de 2010, correspondem a um total de 12.693. Nessa faixa etária, o número de casos de aids é maior entre as mulheres: oito casos em meninos para cada dez em meninas, enquanto que nas demais faixas etárias o número de casos de aids é maior entre homens do que entre mulheres.

    Em relação ao uso da camisinha, a Pesquisa de Conhecimentos, Atitudes e Práticas da População Brasileira (PCAP - 2008) mostra que, entre jovens de 15 a 24 anos, as meninas estão mais vulneráveis ao HIV. Em todas as situações, os meninos usam mais preservativo do que elas. Na última relação sexual com parceiro casual, o percentual de uso da camisinha entre as meninas é consideravelmente mais baixo (49,7%) do que entre os meninos (76,8%). Quando o relacionamento se torna fixo, apenas 25,1% delas utilizam a camisinha com regularidade; entre eles, o percentual é de 36,4%.


    Fique sabendo

    O teste rápido do Fique Sabendo, para diagnóstico do HIV, pode ser feito nos Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) - veja endereços no link abaixo. Antes e depois da testagem, a pessoa passa por aconselhamento e orientação, com o objetivo de facilitar a interpretação do resultado. O teste deve ser feito no mínimo 30 dias após a situação de risco. Se o resultado for positivo, a pessoa pode fazer acompanhamento nos serviços de saúde e começar o tratamento no momento mais adequado. Esse cuidado se reflete na qualidade de vida de quem vive com HIV/aids.

    A recomendação vale para relação sexual desprotegida (inclusive sexo oral) e uso de seringas ou agulhas compartilhadas. As mulheres que desejam engravidar são aconselhadas a conhecer sua condição sorológica. A medida pode evitar a transmissão vertical do HIV e das hepatites (de mãe para filho). Mulheres com resultado positivo que iniciam o tratamento o quanto antes têm menos chances de passar as doenças para o bebê.


    Estimativas do Ministério da Saúde indicam que existem hoje no Brasil cerca de 630 mil pessoas vivendo com o vírus da aids. Dessas, 255 mil nunca teriam feito o teste e por isso não conhecem sua sorologia.


    Fonte: MS

    NPC lança Cartilha sobre os 100 anos do Dia Internacional da Mulher

    Em 2011 comemoram-se os 100 anos do Dia Internacional da Mulher. O NPC aproveitou o centenário da primeira celebração internacional da data para elaborar uma cartilha, com a mesma base histórica das anteriores que o NPC já tinha publicado, com novos enfoques e novas informações sobre o 8 de março. A publicação pretende esclarecer sobre as origens e, sobretudo, o significado da data. A ideia é que sirva de material de formação sobre as lutas das mulheres para ser usado durante todo o ano, principalmente no mês de março. Cada sindicato, movimento social ou organização pode encomendar a sua própria cartilha, com capa e contracapa personalizada, com a logo, o endereço, os contatos da entidade e uma mensagem da direção.

    Mais informações com o NPC pelo telefone (21)2220-5618 e pelo e-mail npiratininga@uol.com.br. O valor da cartilha varia conforme a quantidade solicitada. Confira em nossa página a tabela com os preços e saiba mais sobre
    a publicação.

    FONTE: NÚCLEO PIRATININGA DE COMUNICAÇÃO

    Camila Marins -Jornalista
    (21) 9530-6850 ou 7860-8720
    ID Nextel: *112*76751
    Twitter: @camilamarinsjor
    http://camilamarins.blogspot.com
    camila_marins@yahoo.com.br
    camilinhamarins@hotmail.com

    DIHS abre inscrições para Curso de Atualização Direito e Saúde

    O Grupo Direitos Humanos e Saúde Helena Besserman - DIHS abriu as inscrições para o Curso de Atualização Direito e Saúde nesta quinta-feira, 17. Ministrado pela Dra. Prof.ª Maria Helena Barros de Oliveira, o curso terá carga horária de 16 horas e será realizado nas quintas-feiras, dias 17/3, 24/3, 31/3 e 7/4, das 9 as 13 horas. Os interessados deverão encaminhar e-mail ao endereço eletrônico do DIHS (dihs@ensp.fiocruz.br) solicitando inscrição. O prazo se encerra no dia 16 de março.



    Maiores informações estão presentes na sessão de Cursos da página do DIHS (
    www.ensp.fiocruz.br/dihs), e pelo telefone: (21)3882-9222 ou 3882-9223

    II SEMINÁRIO EDUCAÇÃO, SEXUALIDADE, GÊNERO E DIVERSIDADE

    UFRJ promove encontro entre organizações sociais e gestores públicos em educação para debater diversidade sexual e de gênero na escola

    INSCRIÇÕES PARA OUVINTES

    A Universidade Federal do Rio de Janeiro, através do Projeto Diversidade Sexual na Escola, vinculado ao Programa Papo Cabeça, realiza, nos dias 30 e 31 de março e 01 de abril de 2011, a segunda edição do Seminário Educação, Sexualidade Gênero e Diversidade.
    Desta vez o evento será voltado especialmente a representantes de secretarias de educação, de programas e projetos governamentais e membros de organizações da sociedade civil que trabalham no campo da diversidade, direitos humanos, direitos sexuais, sexualidade e gênero.
    Mas, se você não se encaixa em nenhuma dessas categorias, também pode se inscrever como ouvinte.A idéia do evento é articular o setor público e a sociedade civil organizada para reforçar e construir políticas públicas e ações sociais que promovam o reconhecimento da diversidade, da igualdade e da diferença no que diz respeito à sexualidade e ao gênero de cada ser humano. E é claro, o foco do debate é a Educação, em especial, a escola - mas não só ela.

    O objetivo é que seminário se torne um espaço de troca e de aprendizado, tanto para as organizações sociais e para os gestores públicos, quanto para a própria universidade. A programação vai contar com espaços de formação, debate e articulação, onde serão discutidos temas como discriminação, violência, sexismo e heteronormatividade, currículo e práticas pedagógicas, legislação e políticas públicas.

    A idéia é que gestores públicos e movimento social saiam dali com novas pontes e parcerias criadas,  contribuindo para formar uma rede de âmbito estadual e local que se articule na defesa e promoção dos direitos sexuais e humanos no contexto escolar. Sem o suporte dessas redes, que integram serviços de saúde, projetos e programas de Estado, redes de educadores, movimentos sociais e organizações não governamentais, fica muito difícil para os profissionais que estão na escola conseguirem desenvolver ações de enfrentamento à discriminação e de promoção de direitos.

    Representantes de organizações da sociedade civil de fora da área metropolitana poderão receber apoio para transporte e hospedagem. Para inscrever a sua organização, entre em contato com a coordenação do Projeto Diversidade Sexual na Escola por telefone (21) 2598-1892 ou correio eletrônico diversidadeppc@me.ufrj.brmailto:diversidadeppc@me.ufrj.br

    Visite a página do Projeto Diversidade Sexual na Escola para inscrições e mais informações.


    www.diversidade.papocabeca.me.ufrj.br<http://www.diversidade.papocabeca.me.ufrj.br/>

    Período: 30 e 31 de março e 01 de abril de 2011


    Local: Fórum de Ciência e Cultura

    Salão Dourado – UFRJ campus da Praia Vermelha-Rio de Janeiro

    [http://www.papocabeca.me.ufrj.br/seminario2009/Seminario%20web_1.jpg]

    Projeto Diversidade Sexual na Escola

    http://www.diversidade.papocabeca.me.ufrj.br/
    (21) 2598-1892


    REVISTA SESO & SOCIEDADE

    A revista Serviço Social & Sociedade, que tem como objetivo: “Dar visibilidade à produção acadêmica e profissional de assistentes sociais e de pesquisadores de áreas afins, bem como contribuir com o debate e o aprofundamento crítico e analítico da teoria social, enfocando, preferencialmente, temas que dizem respeito à realidade brasileira e latino-americana”.

    Agora reforçou um importante papel ao se tornar veículo de comunicação e intercâmbio acadêmico da área de Serviço Social, quando passa a indexar seus artigos no scielo,  inicialmente contêm as revistas na íntegra. (Nº 101,102,103 e 104).

    http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_issues&pid=0101-6628&lng=pt&nrm=iso

    Boa leitura e socialize esta informação a todos (as)!!!

    Curso: Como trabalhar a cultura e a história afro brasileira na educação escolar: desafios e estratégias I ( Fundamental I II e Médio)

    Carga horária: 45 horas       Investimento: 70 reais             
    Inscrição até: 10 de março
    Inicio: 13 de março                        Termino:9 de maio
    Participantes: 20 pessoas
    Conteúdo: Módulo I - Lei nº10.639/2003: implicações práticas e reflexões importantes (5 horas)
                     Módulo II - África: o berço da humanidade (8 horas)
                     Módulo III - Escravidão: o mito da inferioridade (8 horas)
                     Módulo IV - Haiti: história de lutas e glórias (8 horas)
                     Módulo V - Brasil: muito além dos quilombos (8 horas)
                     Módulo VI - O fim da escravidão no mundo: será a vitoria? (8 horas)






    Confira nossas apostilas pedagógicas:

    • Apostila de matemática: atividades de adição e subtração para o esnino fundamental I - Investimento: 10 reais.
    • Apostila de  matemática: atividades de divisão e multiplicação para o ensino fundamental I - Investimento: 10 reais.
    • Apostila de  matemática: trabalhando com gráficos e tabelas para o ensino fundamental I - Investimento: 10 reais.
    • Apostila de  matemática: atividades de fração para o ensino fundamental I - Investimento: 10 reais.
    • Apostila de  matemática: atividades de jogos para o ensino fundamental I - Investimento: 10 reais.
    • Apostila de  alfabetização: atividades de lingua portuguesa para o ensino fundamental I - Investimento: 10 reais.




    Educação Critica Assessoria Pedagogica
    Telefone: (11)68992309
    Skipe: educ.critica
    Endereço eletrônico: http://educacaocriticaassessoriapedagogica.blogspot.com/